Colhendo bons frutos

Data: 17/10/2019

“O que mais gosto de fazer hoje é sair para pescar com os amigos”. É assim que Odair Silva resume sua vida após a aposentadoria. Além da pescaria, que hoje é seu hobby, andar de bicicleta é sua outra opção de lazer nas horas vagas.

Dos seus 63 anos, 33 foram dedicados à Copel. Inicialmente como operador de subestação, depois surgiram outras oportunidades como programador de desligamento e, também, no setor de distribuição. Silva iniciou sua trajetória como copeliano em Mamborê e passou por diversas cidades, entre elas Paranavaí e Maringá até chegar em Curitiba, onde vive com sua família até hoje.

Casado, pai de dois filhos e avô de seis netos. Aposentado desde 2010, Silva cuida de sua saúde hoje com o apoio da Fundação Copel. “Sempre admirei a Fundação. Sou diabético tipo 2 e gasto cerca de R$1.000,00 por mês com remédio. A ajuda que recebo daqui é fundamental. Parabenizo a instituição pelos planos que ela oferece, pois poucas empresas fazem isso. Faço consultas com o nutricionista, exames, participo com minha esposa das caminhadas da saúde e acho tudo muito bom”.

Mas além da pesca e da bicicleta, seu Odair tem outra paixão. Seus dois netinhos mais novos, gêmeos de quatro anos, e que são sinônimo de alegria e superação. Nasceram prematuros, e por isso, apresentaram alguns problemas após o parto, mas isso só fez aumentar ainda mais o amor desse vovô coruja. “Eles são nossas alegrias. Fazemos de tudo para que se sintam amados e a recompensa vem todos os dias”.

Acesse os principais serviços da Fundação Copel