De um lado prestador, do outro o beneficiário

Data: 05/08/2019

Vida de Aposentado: Saulo de Souza e Silva

Saulo é dentista aposentado e sua história com a Fundação Copel tem pelo menos 30 anos! Ele é casado com a Silmara, copeliana lotada no KM3, e há cinco anos resolveu ‘pendurar as chuteiras‘ do consultório.

O motivo da aposentadoria foi: “decidi cuidar de mim”, diz ele enquanto participa da celebração do primeiro ano do Programa CuiDar em Curitiba. Saulo é diabético há 15 anos e nos últimos dois anos conseguiu manter a doença controlada. Foi ainda através do CuiDar que mudou o estilo de vida e melhorou sua qualidade de vida.

“Sou praticamente um copeliano” diz Saulo que tem uma relação de amor e trabalho com a Fundação Copel. Até poucos anos atrás era um prestador credenciado e atendia beneficiários do plano de saúde, além disso foi o primeiro perito odontológico da Fundação Copel e auxiliou na formatação e padronização das tabelas odontológicas. Hoje, ele é atendido como beneficiário do plano assistencial por ser dependente de sua esposa.

 “Eu me preparei para a aposentadoria, participei de palestras (a convite da minha esposa) sobre pré-aposentadoria. Embora eu não tenha uma aposentadoria complementar, entendo a necessidade e a importância desse benefício “, completa Saulo.

Acesse os principais serviços da Fundação Copel