Entenda o que é a cota e como funciona

Data: 20/05/2020

A cota corresponde a uma fração do patrimônio. Em outras palavras: ela corresponde as parcelas de idêntico valor em que se divide o patrimônio, que varia ao longo do tempo em função da rentabilidade líquida. A cota permite apurar a participação individual de cada participante no patrimônio total do plano de benefícios. (Fonte: Abrapp)

Funciona assim: As contribuições mensais, tanto dos participantes quanto das patrocinadoras, são convertidas de reais para cotas que se valorizam de acordo com a rentabilidade das aplicações financeiras realizadas. Por exemplo, digamos que hoje a cota esteja valendo R$ 1,00 e que neste mês sua contribuição tenha sido de R$ 100,00. Neste caso, você adquiriu 100 cotas que somado aos meses anteriores forma uma reserva total em cotas. Para apurar o valor atual da reserva, basta multiplicar a quantidade de cotas que você possui pelo valor da cota vigente.

Sendo assim, o valor da reserva em reais é diretamente afetado pelo valor da cota e o valor da mesma varia de acordo com a rentabilidade das aplicações financeiras da entidade. Portanto sempre que o resultado da aplicação for positivo, temos uma valorização da cota e se for negativo, temos a desvalorização da mesma.

Da mesma forma, ao simular um benefício, o saldo da reserva é transformado em reais pelo valor da cota vigente. Por isso, as simulações realizadas em meses de cota negativa irão apresentar resultado inferior às simulações realizadas com cotas positivas. Cabe destacar que nos meses de desvalorização da cota o participante adquire mais cotas com suas contribuições mensais e estas se valorizarão no futuro nos meses de cota positiva. As oscilações no valor da cota existem e são normais no curto prazo. No médio e longo prazo, a Fundação Copel entrega resultados excelentes aos seus participantes.

Quer saber mais? Clique aqui e acompanhe os resultados dos investimentos no Espaço Transparência.

Acesse os principais serviços da Fundação Copel