Juventude e aposentadoria: uma realidade distante

Data: 20/05/2019

Você sabia que 8 em cada 10 jovens não se preocupam ou poupam para o futuro? De acordo com dados divulgados pela Valor Investe, 27% da população jovem afirma que não ganha o suficiente para investir em previdência. Outros 27% dizem que ainda se acham muito jovens para ter esse tipo de preocupação. Para 24% deles, não sobra dinheiro e 21% dizem não saber como fazer investimento previdenciário.

Os números assustam, mas tratam um assunto muito atual: a juventude se considera a previdência uma realidade muito distante. No entanto, é justamente a juventude que está mais suscetível às novas diretrizes da Previdência Social e ao mesmo tempo são exatamente os mais novos que mais podem se beneficiar do tempo no regime de capitalização em uma previdência privada.

A nova geração Z deve ser a mais impactada pela reforma na previdência e isso abre precedente para que as entidades busquem cada vez esse público. A Fundação Copel busca, através de ações de educação financeira e previdenciária, alertar e conscientizar sobre a importância de uma previdência complementar e os impactos de um benefício extra no futuro.

Ainda dá tempo de mudar

Se você é participante e tem filhos, enteados ou familiares, indique o Plano Família para eles. Fale agora mesmo com a consultora em previdência Ana, pelo WhatsApp, ou se preferir converse pessoalmente com um de nossos atendentes.

O futuro é longínquo, mas para mudá-lo é preciso começar agora. Faça a sua parte.


Acesse os principais serviços da Fundação Copel