Com o avanço da Covid-19, as consultas via teleatendimento ganham destaque

Data: 14/05/2020

A telemedicina entrou como aliada para manter o isolamento social. Os beneficiários da Fundação Copel podem realizar suas consultas de forma remota, por meio de tecnologias de comunicação online, como videoconferências ou aplicativos de vídeo-chamadas utilizando celulares, computadores ou tablets.

 Sendo assim, as consultas médicas em todas as especialidades, sessões de psicologia, consulta com nutricionista, sessões de fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional podem ser realizadas remotamente  com as seguintes orientações:

*A consulta inicial de fisioterapia poderá ser realizada a cada seis meses conforme as Diretrizes de Utilização (DUT) e por patologia, via teleatendimento.

* O monitoramento dos beneficiários que realizam fisioterapia, fonoaudiologia ou terapia ocupacional poderá ser realizado uma vez ao mês, via telemonitoramento.

*Os beneficiários terão a cobrança de coparticipação de 30% nas consultas realizadas na modalidade de teleatendimento, da mesma forma como já ocorre nas consultas presenciais.

*O agendamento das consultas na modalidade de teleatendimento deve ser realizado pelo próprio beneficiário junto aos prestadores credenciados pela Fundação Copel, da mesma forma como ocorre com as consultas presenciais.

Ressaltamos que essas medidas são por tempo indeterminado e em caráter excepcional e que Fundação Copel segue todas as recomendações do Ministério da Saúde. Se ainda ficou com alguma dúvida, entre em contato com a Central de Atendimento pelos telefones (41) 3883 6177 ou 0800 602 0225.

Acesse os principais serviços da Fundação Copel